Tem mulher que ama maquiagem (eu!), usa todos os dias e não sabe viver sem. Tem outras que usam só de vez em quando, em festas ou finais de semana. E tem aquelas que resgatam o estojo de maquiagem somente para ocasiões especiais, como Natal e Ano Novo.

Sabemos que, para as mulheres vaidosas, a maquiagem tem a função de valorizar os traços e corrigir imperfeições do rosto. Porém, o seu uso constante pode ser visto como causador do envelhecimento precoce da pele. Será verdade? Separei os 7 mitos e verdades sobre o uso da maquiagem, para que você encontre harmonia entre a beleza e a saúde da sua pele.
maquiagem

Maquiagem envelhece a pele

O que envelhece a pele é o excesso de sol, comer mal, dormir pouco, fumar, consumir muitos drinks, ficar muito exposta ao sol sem proteção. O envelhecimento da pele também pode ser causado por um desequilíbrio hormonal, estresse ou altos níveis de glicose no sangue.

Todos estes fatores, combinados entre si, ocasionam manchas e rugas. Ou seja, dizer que a maquiagem é responsável pelo envelhecimento da pele é mito! Entretanto, é importante lembrar que alguns erros de maquiagem devem ser evitados, pois podem envelhecer a sua aparência (mas nada que não saia com um bom demaquilante).

Maquiagem protege contra o envelhecimento

Se por um lado, a maquiagem não é fator determinante para causar o envelhecimento da pele, por outro ela pode ser um importante aliada na proteção contra a exposição solar. Isso porque a indústria de cosméticos conta com soluções modernas que colaboram na proteção contra vários fatores de agressão, principalmente radiação ultravioleta, poluição e luz visível.

Então, se compararmos uma mulher que eventualmente está maquiada, com uma que utiliza produtos específicos contra o envelhecimento e com protetor solar, a segunda certamente estará mais protegida que a primeira. Isso porque hoje existem produtos que contam com ativos capazes de tratar a pele. Seu papel não se limita apenas em trazer coloração, textura e uniformidade para o rosto.

Então é verdade que podemos afirmar que a maquiagem pode proteger contra o envelhecimento, pois ela conta com um apelo grande na proteção da nossa pele contra danos ambientais.

Maquiagem substitui o uso de filtro solar

Não, não substitui. Por uma razão bem simples: para efetivamente proteger a pele contra os raios solares, o produto precisa apresentar FPS de pelo menos 30, para proteger o rosto. A grande maioria das maquiagens que estão disponíveis no mercado não oferecem essa proteção.

Assim, o filtro solar deve ser sempre usado, com maquiagem ou não. Ele deve ser aplicado primeiro e em seguida aplica-se a maquiagem. Até porque a cor presente nas bases, pós e corretivos é importante contra a luz fluorescente e a radiação emitida pela tela do computador ou por televisões, conhecidas como luz visível.

Maquiagem não contribui para o envelhecimento da pele

A maquiagem pode ser uma grande aliada para potencializar a sua beleza, desde que os produtos utilizados sejam de qualidade e os mais naturais possíveis. Caso contrário, ele pode sim contribuir para que a sua pele pareça mais envelhecida, apagada, sem vida e com impurezas.

Então, acreditar que a maquiagem não contribui para o envelhecimento do seu rosto é um mito. Ainda mais se você costuma dormir maquiada. Isso mesmo! Com o tempo, o mau hábito acelera o envelhecimento pelo aparecimento de poros dilatados, rugas, vermelhidões e perda de viço.

Tirar a maquiagem diariamente é fundamental para limpar a pele profundamente e deixá-la livre de todos os resíduos contaminantes que possam impedir a renovação celular, favorecendo o surgimento das tão temidas rugas.

Maquiagem vencida acelera o surgimento de rugas

Usar maquiagem vencida pode trazer consequências nada agradáveis, portanto é uma verdade. O maior risco é a contaminação de fungos e bactérias que podem causar alergias, dermatites, manchas na pele e irritações. E consequentemente, todos estes problemas resultam no envelhecimento da sua pele.

Outro perigo é utilizar maquiagem emprestada, pois tratam-se de itens de uso pessoal. Batons e máscaras de cílios entram em contato com áreas de mucosa, que são mais suscetíveis a infecções como micoses, impetigo e herpes. No caso dos utensílios de aplicação como pincéis e esponjas, estes devem ser lavados após o uso por outra pessoa ou uma vez por mês em caso de uso próprio.

Maquiagem dentro do prazo de validade, não é problema

Isso é um mito. Não é só o prazo de validade que determina se a maquiagem está própria para uso ou não. Observar se houve alteração na coloração, no cheiro ou textura dos produtos é indicado para verificar se estão contaminados.

O mesmo serve para os hidratantes. Se observar que houve mudança de cor ou perfume, descarte-os, pois é sinal que sofreram alteração e não são mais seguros para serem aplicados na pele.

Maquiagem não deve ser guardada no banheiro

Acredite, é verdade! Embora na maioria das vezes os cosméticos fiquem guardados no banheiro, este não é o lugar mais indicado para isso, pois a mudança de temperatura constante, a falta de ventilação e a umidade criam um ambiente perfeito para a proliferação destes microrganismos.

O ideal é manter os produtos em ambientes frescos e secos, longe do calor e luz excessivos, e não se esquecer de fechar bem os recipientes e limpar regularmente pincéis e esponjas.

Então, o que você achou dos mitos e verdades em relação ao uso de maquiagem? Ficou mais fácil entender como usar estes cosméticos, sem correr o risco de acelerar o processo de envelhecimento da sua pele, não é mesmo?

mitos-maquiagem

Então, use e abuse da maquiagem de forma correta. Ela pode ser grande aliada no dia-a-dia, para quem busca uma aparência mais saudável e jovem. Agora, se você busca algo mais definitivo, pode aderir à cirurgia plástica e outros procedimentos estéticos. O importante, é você se sentir feliz e segura com a pele do seu rosto.

Post Anterior

O que vale a pena comprar nos EUA para a casa

Próximo post

3 tendências para apostar na primavera/verão 2017