Em um mundo de “máxis”, eles andam esquecidos, mas não dá pra negar a beleza dos acessórios menores. Juntos ou sozinhos, transmitem delicadeza e são mais fáceis de usar no dia-a-dia; para ir ao trabalho ou faculdade, por exemplo.

A parte legal é que é possível misturar várias peças simples e mesmo assim compor um visual interessante. Para sair do óbvio nos pingentes e quebrar a fofura, os formatos mais geométricos e os anéis ligados por correntes são boas opções.  E sem medo na hora de colocar tudo pra jogo: pode usar vários anéis na mesma mão ou muitas pulseiras finas sem problema algum! Além disso, por ser atemporal, todo mundo tem algum exemplar assim perdido na gaveta de acessórios, né? É só dar uma olhada com atenção! E vocês? O que acham dessa história de “menos é mais”? O blog ama!

Post Anterior

Os sapatos confortáveis da Piccadilly

Próximo post

Amor maduro