“A pessoa que eu amo nunca usaria pele de animais. Pele me faz pensar em mulheres rasas, que não têm consciência. A indústria de peles pertence a uma época em que as pessoas eram inacreditavelmente egoístas. Se você fosse uma espécie de chefe de organização tribal e não existisse uma loja de departamentos, 350 anos atrás, eu entenderia. Mas hoje em dia temos fibras sintéticas e usar peles não é mais uma necessidade. O elitismo das peles me deixa com vontade de vomitar.”
(Gavin Rossdale)

Arezzo e sua polêmica coleção utilizando peles de animais. Um comportamento ultrapassado que além de brega é de extrema maldade. No catálogo a marca utiliza frases como “Peles são obrigatórias nesse inverno!”. Total not! Decepcionante! Peles, couros, etc? Só fake, combinado?!

Nota: A Arezzo vai retirar todos produtos de origem animal e deixar somente os fakes nas lojas! Mico de marketing do ano, heim?

Post Anterior

(Im)Perfeição

Próximo post

Viverão felizes para sempre?