Posts na Categoria

Refletindo

Crônicas para mulheres. Textinhos com frases e indiretas.

Refletindo

Ela é uma pessoa difícil de lidar. As vezes até um pouco pessimista. Ela queima o arroz, odeia lavar a louça e não escuta música clássica. Foge da salada e adora fast food. Mata a academia mas não mata uma barata! Não sabe economizar dinheiro e nem palavras. Teimosa, bipolar, vingativa. Dificilmente aceita alguma opinião e facilmente se irrita. Ela tem ciúmes, tem inseguranças, tem manias. Ela tem todos esse defeitos que compensam com sua principal característica: Ela tem um bom coração.

Leia Mais
Refletindo

Ela o conhecia. Conhecia seu sorriso, seu jeito tímido e o seu olhar desconfiado. Ela conhecia o seu perfume e sabia como ninguém quando ele estava por perto. Sabia que ele roía as unhas e que, graças a deus, nunca fez a sobrancelha. Ela conhecia seu jeito espontâneo que contrastava perfeitamente com a timidez dela. Justamente ela que nunca ficou constrangida ao lado de ninguém se sentia apenas uma menininha ao lado dele. Irritante, angustiante, apaixonante. Dessa forma, ela o conhecia. Ele? Mal sabia o nome dela. Quem se importava? Estava perfeito, intacto, eterno. Deixem ela sonhar. Nem tudo precisa virar realidade para ocupar nossos corações.

Leia Mais
Refletindo

Às vezes vejo meninas se perguntando a diferença entre um gesto ou outro, o que um homem quer dizer com isso ou aquilo. Pois bem, fiquei tão encucada que acabei recrutando uns amigos e perguntando essas sutilezas. Alguns viram alguma diferença, mas a maioria disse que não muda nada. Homem fala o quer der na telha, quase nunca planeja palavras ou mede elogios. E devíamos aprender a lidar com isso. Antes de criar altas expectativas, ou se frustrar porque um encontro não foi exatamente como você sonhava, analise o lado positivo. Pense no esforço e em você. Veja o que te faz bem. Afinal, quantos cafajestes conseguem falar tudo certinho mas não valem uma vírgula dessas palavras? Esqueça seu lado analítica. Se abra para o diferente, só assim o novo aparecerá para você. Ao invés de prestar atenção em cada detalhe, pergunte-se se o geral de impressionou. Existe homem cachorro?

Leia Mais
Refletindo

Um dia você vai encontrar alguém que te lembre todos os dias que a vida é feita para ser vivida. Alguém que é perfeito de tão imperfeito. Alguém que não desista de você por mais que você tente afastá-lo. Naquele dia que você não estiver procurando por ninguém, naquele dia que você não ia sair de casa e acabou colocando a primeira roupa que viu pela frente. Quando você não estiver procurando, você vai achar aquela pessoa que faz você sentir que poderia parar de procurar.

Leia Mais
Refletindo

Eis que surge um novo verbo na língua brasileira: mariar! Mariar vem de Maria, aquela moça cheia de amor para dar, que se atrevia tentar, correr atrás, demonstrar e dar moral a quem se gosta mesmo sem ser igualmente correspondida. Essas atitudes fizeram nascer o verbo mariar. Criado por atitudes de Maria, mas que perfeitamente poderiam ser de Ana, Juliana, Mariana e tantas outras mulheres, todas humanas, carne, osso, energia, sentimentos, desejos e porque não, transparência! Eu confesso ser defensora dos sentimentos sinceros e da não banalização dos valores femininos. Essa história de correr atrás de quem não merece para mim é o primeiro passo para a falta de amor próprio. Sou daquelas que quando não correspondida assume a postura de uma mulher que conhece seus valores e se põe em cima de um pedestal. E lá de cima fico a observar de longe, quando tudo que eu mais queria

Leia Mais
Refletindo

Ela está lá todo dia. É daquelas que se maquia bem, suas roupas são impecáveis e seu perfume é inesquecível – apesar de já terem dito que nunca a viram tão bonita quanto naquele sábado que ela passou o dia de pijama e com o cabelo preso. É inteligente, escreve como ninguém, trabalha, estuda, sai com as amigas e ainda arranja tempo para ir na manicure toda semana. Ela adora gastronomia contemporânea e medieval mas não dispensa uma miojo em noites preguiçosas ou um McDonalds depois da balada. Diz as frases certas e sorri quando gostaria de gritar. Adora crianças e cachorros, quer casar, ter filhos e já pensou em como seria usar seu sobrenome. Mas não se preocupe, ela sabe melhor do que ninguém o tempo de cada coisa. Ela é daquele tipinho, sabe? Que gosta de dançar, gosta de curtir, gosta de viver. Ela manda na sua própria

Leia Mais