Posts na Categoria

Refletindo

Crônicas para mulheres. Textinhos com frases e indiretas.

Refletindo

Por que você foge de mim? Não vê que eu fui feita pra você? Você tem a habilidade de esconder de si mesmo o que sente. Eu não consigo. Sou toda verdade quando estou contigo e tuas falsas mentiras não me convencem mais. Acorda, cara, ninguém vai te fazer sorrir como eu. Conheço tuas vontades, adivinho teus pensamentos e mesmo assim, você disfarça. Que incapacidade para ser feliz. Às vezes a gente não enxerga o que está debaixo do próprio corpo. O pior de tudo é te encontrar e ter que te seduzir mais uma vez, sabendo que você me quer. Isso te deixa melhor? Tudo bem, eu não me importo, vou atrás do que quero mesmo e quando te vejo, só tenho línguas pra ti. Enquanto isso, vai tentando esconder essa vulnerabilidade, essa confusão sentimental. Nem você se entende e eu ainda me pergunto como perco meu tempo contigo.

Leia Mais
Refletindo

Que vontade é essa de pular desse lugar que eu nem sei até onde vai? Que vontade é essa de jogar tudo pro alto e me mudar pro seu abraço? Quero mergulhar na imensidão desse infinito que é o amor. Eu sempre odiei arriscar e sempre tive medo de perder o controle da situação. Preferi a frieza de um coração cansado ao calor de uma paixão. Preferi manter o silêncio a matar meu orgulho. Você sempre soube disso, eu nunca escondi. Demoli tantos sonhos que foram construídos no decorrer da minha vida, que sobraram apenas destroços e nenhuma vontade de sair do lugar em que parei. Cansei da busca, da conquista, do charme inicial e das paixões passageiras que sempre tentavam dirigir minha vida. Eu desisto fácil e algo me diz que isso não vai muito longe, mas tenho me lembrado muito de você e do seu cheiro, do seu

Leia Mais
Refletindo

Como voltar para um lugar onde você já foi feliz? Ainda mais se esse lugar for o colo do seu ex-namorado. Não terminou porque acabou a paixão. O sentimento simplesmente esfriou e o ineditismo da vida moderna obrigou a mudança. A gente precisava mesmo conhecer outras pessoas, ter certeza das nossas vontades. Meu medo era que, se continuasse como estava, perderíamos a amizade que tanto nos uniu. Que dilema terrível esse. Os relacionamentos passam por uma fase que, se você insiste, corre o risco de desgastar a convivência que evite até um olhar posterior. Se terminar com o respeito e o carinho ainda existentes, o risco é da paixão não findar, apenas adormecer. Você mexe comigo, mas e agora? Você é quem eu conheci? Se não é, está melhor ou pior? Lógico, só saberei se tentar, mas não foi apenas o recuo dos nossos corpos que provocou o término. Foram

Leia Mais
Refletindo

Que saudade de um brilho no olhar. De respirar apertado, de um frio na barriga e um calor no coração. É melhor amar e não ser correspondido, do que um cômodo vazio. Acordo todos os dias e fico pensando, pensando…em quem pensar. Vivo a agonia constante de perseguir o acaso, procurar suspeitos para uma dor que não sinto, de esperar o inesperado. Eu desafio o dia, saio de casa renovando esperanças e colhendo frustrações. Cada hora que passa e meu coração não pulsa, me sinto uma fracassada. Só queria um soluço de alegria no peito, um sorriso que me deixasse com a cabeça grudada no vidro do ônibus, enquanto escuto aquelas músicas que toca no rádio. A gente reclama quando está apaixonada, pois a vida nem sempre é generosa com os sentimentos. Às vezes o que sentimos é tão puro, que entregamos a quem não merece, e, por isso, não

Leia Mais
InspiraçãoRefletindo

7 de setembro, independência do Brasil. Patriotismos à parte, vamos combinar que a maioria dos brasileiros adora um feriadinho. Concordo que estes períodos de folga são prejudiciais ao país – nossa economia perde milhões com estas “pausas forçadas”-; no entanto, é o tipo do dia que dá pra gente colocar a cabeça no lugar. Já que é certo que todo o Brasil tem este feriado, aproveite para descansar, visitar a família que mora longe, ler, terminar aquele trabalho da faculdade, sair com o pegada novo, curtir o namorado, fazer uma comidinha especial, correr no parque, assistir aquele super filme que estreou no último mês, resolver aquela pendência no ap, cair na balada.. enfim, fazer aquilo que te deixa feliz! Além disso, musas, esta pausa é bom pra parar e pensar: o que eu fiz neste ano e o que ainda pretendo fazer? Sabe aquela melancolia que muitas pessoas tem no

Leia Mais
Refletindo

Intimidade é ter o mapa do corpo. É conhecer todos os descaminhos do outro. Sentir-se à vontade, sem estar sozinho. É entregar a alma com uma venda nos olhos. Se jogar do precipício do amor, sentindo apenas a brisa da liberdade. Intimidade é pele, toque, respiração. Sentir o hálito alheio, o perfume do sexo, o gosto do suor da paixão. Navegar por sensações ainda não descobertas, mergulhar no delírio da vontade. É desvendar o desejo, curiosidade do tato, obsessão por surpreender a rotina. Intimidade é a confiança do sono, divisão dos pesadelos. Permissão para sonhar acompanhado e nem sempre dormindo. O íntimo da gente revela aquela pessoa que queremos ser o tempo todo, mas não podemos. Ser íntimo de alguém é poder nos transformar até mesmo em quem não queremos ser. Na intimidade, posso tudo e quero sempre mais. A intimidade perdoa excessos, não há julgamentos, nem censura. Não há

Leia Mais
Refletindo

Aonde eu quero chegar com esse meu jogo, que só me faz perder? É tão difícil assim um pouco de atenção? Tão improvável ser amada por aquele cara que eu escolhi? Nossa, como faço perguntas idiotas ao espelho, nem ele me aguenta mais. Poxa, não peço muito. Só preciso estar com alguém que seja mais alto do que eu, tenha um pouco de barba e de vergonha na cara. A faixa etária pode ser ali entre 25 e 40 anos, dos vorazes aos experientes. Tem que estar trabalhando, lógico, e numa coisa legal. Algo que eu admire. Aliás, há quanto tempo não tenho alguém em que eu possa me inspirar ao meu lado. Não precisa nem ser bonito, mas tem que sorrir com a alma, mostrar aquela alegria capaz de fazer eu esquecer todos os problemas. Não há nada mais cativante num homem do que um sorriso de felicidade que

Leia Mais
Refletindo

Por quê? Por que você mexe comigo dessa maneira? Por que não consigo sentir o teu cheiro sem pensar bobagem? Por que não me controlo quando você chega perto de mim? Por que eu me sinto assim? Por que você existe? Por que, por que, por que? Perguntas sem respostas me fazem questionar o que eu quero pra mim. Ele não faz meu tipo, mas me atrai. Como explicar? Não sei. Não gostamos da mesma coisa, mas as nossas conversas são tão boas, que nem vejo o tempo passar. Na verdade ele até me irrita um pouco. No entanto chego em casa e quando deito a cabeça no travesseiro, é como se ele fosse o travesseiro. Está ali, entranhado em meus pensamentos, na porta de entrada para os meus sonhos. Não sei se é química, se é algo transcendental, empatia de alma, etc. Só sei que é inexplicável o que

Leia Mais
Refletindo

Estou sozinha aqui dentro meu quarto, dentro do meu mundo. Espio pela janela e só vejo aquela garoa fina. Um céu pesado, uma dor no peito. Nem sei há quanto tempo estou na mesma posição, olhando para o mesmo lugar, para o mesmo vazio. Não tenho fome, nem sede. Mal sinto meu corpo. Meu problema no coração é incurável e eu estou aqui esperando a eutanásia de alguém que tenha compaixão por mim. A perda de um amor que foi embora é o verdadeiro luto da morte em vida. Não queremos comparações de que as pessoas tem problemas maiores do que os nossos, como a miséria mundial, contas em atraso ou doenças terminais de entes queridos. No momento do abandono e da solidão, nada é mais importante do que retirar aquela faca espetada no peito. Não há explicação que justifique a dor de terminar o que era pra sempre. É

Leia Mais
Refletindo

Vai embora daqui, da minha vida. Não suporto mais essa tua mania de não querer me querer. Me larga, me solta, não toca em mim. Não finja que se preocupa. Você não se importa com meu choro. Está com a consciência pesada e quer tornar tudo isso o menos dolorido possível para que você possa dormir direito, acompanhado de uma missão cumprida. Vai embora, vai. Estou abrindo a porta da sala e fechando a do meu coração. Vai doer, eu sei, mas não sou mulher pra receber consolação como prêmio pelo que eu nunca conquistei. Não me alimento com sobras e você me tirou o prato principal faz tempo. Não faz essa cara de quem se arrepende de ter me enganado, essa cara de quem não consegue mentir nem pra si mesmo. Posso estar aqui dilacerada, em busca do meu próprio amor – porque o amor próprio já se foi

Leia Mais