Não tem coisa melhor do que esse friozinho pra tomar aquele chocolate quente e ficar embaixo das cobertas. Também podemos usar e abusar dos looks lindos com os cachecóis, botas e casacos que estavam guardados no armário. Mas, como nem tudo são flores, quando a temperatura cai, a hidratação da nossa pele, principalmente do rosto, vai junto com ela. Se até mesmo quem tem pele oleosa sente os efeitos do frio, quem tem pele seca sofre dez vezes mais. Aqui vão algumas dicas pra te ajudar a não sair de casa com aquela sensação de que sua pele é uma máscara de argila.

Por mais difícil que pareça, o ideal é não tomar banhos tão quentes. Quanto mais quente a água, mais se perde a oleosidade natural da pele. Buchas nessa estação então, nem pensar! Durante o banho, quem tem a pele naturalmente seca pode se esbaldar nos óleos mono, bi ou trifásicos. Além de deixarem a pele bem hidratada, ainda têm um cheirinho delicioso que dura o dia todo. Após o banho, a hidratação pode ser complementada com cremes hidratantes específicos para o rosto. Já para quem tem a pele um pouco mais oleosa, o ideal é usar cremes em gel, por exemplo, pois não são tão espessos, ou hidratantes faciais oil-free. 

banho

Com esse tempinho, acabamos sentindo menos sede por transpirarmos menos, mas é extremamente importante se manter hidratada de dentro pra fora, tomando bastante água – pelo menos dois litros por dia. Nossos lábios também sentem drasticamente os efeitos da queda de temperatura. Rachaduras e descamação aparecem diariamente. A solução é aplicar algum hidratante labial, até mesmo a clássica manteiga de cacau, algumas vezes ao dia, principalmente antes de dormir.

Pele no inverno

Eu detesto aquela sensação de pele seca e irritada, por isso no tempo frio redobro os cuidados com a pele. E vocês, meninas? Têm alguma dica de como manter a hidratação da pele, mesmo com esse tempo?

Post Anterior

Em Porto Alegre: Gokan Sushi

Próximo post

O que eles pensam sobre: Lingerie