Quem é loira sabe que manter o cabelo saudável e bonito não é tarefa fácil – o cabelo loiro exige muitos cuidados. Ainda mais os platinados! Por isso hoje eu trouxe aqui para o blog os meus cuidados com o cabelo loiro. E não são poucos, viu? kkkk Já adianto que ser loira é caro e trabalhoso… mas vale muito a pena! Modéstia à parte, com tudo que eu já aprontei com o meu cabelo (ruivo, luzes, platinado total, preto, etc) ele está muito bem, obrigada. E isso não é sorte, é simplesmente o cuidado certo com os fios. Vem descobrir meus “truques”!

como tratar cabelo loiro

– Adeus, chapinha!

Sim, essa é a primeira e a mais importante dica. Eu falaria adeus ao secador e ao babyliss também – mas não quero assustar as futuras loiras. Entretanto, chapinha e secador (assim como a água muito quente) desidratam os fios do cabelo e danificam muuuito o loiro. Mas se não tiver como abandonar totalmente ou usar somente em alguma situação importante, não esqueça de aplicar um antitérmico para proteger os fios do calor excessivo. Eu, particularmente, só faço escova ou babyliss/miracurl para algum evento ou algum dia em específico – jamais para o dia a dia.

– Hidrate sempre.

Essa dica é chover no molhado, né? Mas a hidratação é o cuidado mais importante com o cabelo loiro. Eu substituo o condicionador comum por uma máscara de tratamento intensivo todos os dias. Sim, todos os dias eu hidrato meu cabelo dessa forma: lavo o cabelo normalmente, aplico a máscara de tratamento, deixo agir por alguns minutos e enxáguo. Ah, e depois eu não seco com secador – deixo secar naturalmente. É bom salientar que nos três dias (mais ou menos) após as mechas o cabelo tá mega sensibilizado então é bom hidratar muito bem depois do procedimento e tomar cuidado extra na hora de desembaraçar.

– Shampoo desamarelador.

Essa dica é para deixar ele bonito e não saudável, até porque a maioria desses produtos resseca o cabelo então é preciso usar com cuidado. Escolha um shampoo roxo para chamar de seu e use conforme o indicado – alguns são para uso diário e outros para usar uma vez na semana. A dica aqui é aplicar o shampoo como se fosse uma máscara, não deixar criar espuma logo de cara, sabe? Aplica o shampoo roxo e deixa agir – só depois de uns 3 minutos massageie. Ah, sempre depois de usar o shampoo roxo capriche na hidratação. Nesse post aqui eu contei quais são os meus shampoos roxos prediletos.

– Cuidado com o verão.

Cabelo loiro e sol forte não combinam. O cabelo loiro também não combina com mar ou piscina. Ou seja, quando você for para o sol, o ideal é prender o cabelo e escondê-lo com um boné, uma canga, um turbante… Qualquer coisa que não faça os fios ficarem expostos diretamente ao sol. Existem produtos com filtro solar, por exemplo a linha nova da Pantene especial para o verão. Eu sempre opto por shampoos com filtro solar nessa época. E sobre a piscina e o mar: eu nunca deixei de tomar banho em nenhum dos dois por conta do cabelo (a vida é feita para ser vivida, né?). Basta não esquecer de tomar uma chuveirada de água corrente assim que sair do mar ou da piscina – se não tiver chuveiro, faça a fina e vá de água mineral (é mais barato que tratar o cabelo depois).

– Óleo de tratamento é seu melhor amigo.

Sabe qual o maior segredo do brilho do meu cabelo? O óleo de Argan. Ele recuperou totalmente o meu fio quando passei do ruivo para o loiro em poucos meses. Depois de lavar o cabelo, quando ele ainda estiver molhado, basta aplicar e espalhar bem algumas gotas de óleo e pentear o cabelo. Dá muita diferença mesmo. O meu óleo de Argan acabou (chorosa) e comecei a usar o de Macadâmia da Aneethun e é muuuito bom também. Vale o investimento porque esses óleos duram muito tempo e tratam super bem. Isso me leva a outro item…

– Paciência para desembaraçar.

Sim, os cabelos loiros embaraçam muito mais, ficam finos e formam um ninho de rato que você tem vontade de chorar algumas vezes. Por isso todo cuidado e paciência do mundo na hora de pentear eles. Eu passo a máscara no banho e já penteio no banho mesmo. Depois do banho, na hora de pentear “pra valer” se estiver muito embaraçado, eu não forço, aplico algum produto como o óleo de argan para ajudar a desembaraçar. Não puxe com força a escova ou pente porque isso vai arrebentar não só o cabelo loiro mas como de todas as cores. Se você for em algum salão que façam isso, fuja o mais rápido que puder!

– Invista em produtos bons.

Eu sou mega pão dura com muitas coisas mas acho que um produto bom faz muita diferença no cabelo. Deixe de comprar 1 peça de roupa por mês e compre um bom creme de tratamento. Aliás, nem precisa deixar de comprar nada porque atualmente existe bons produtos com preço acessível no mercado. Basta pesquisar e testar! Peça dicas para o seu cabelereiro. A minha dica para quem não quer gastar quase nada e tratar bem o cabelo são aquelas ampolas de “3 minutos” ou algo assim que tem de várias marcas como Wella, Pantene, etc. Não é assim, o supra sumo do tratamento para cabelos mas dá uma força enoooorme na hora do aperto. Se você puder, vá de L’oreal, Redken, etc.

– Escolha bem o corte do cabelo.

Não adianta. Por mais que a gente faça de tudo para ter o cabelo loiro perfeito, o descolorante maltrata muito os fios e as pontas raramente resistem 100% – sempre tem ponta dupla, fios quebrados, etc nas pontas. Não vou mentir: nunca vi um cabelo descolorido, sem chapinha/secados, naturalmente, com as pontas perfeitas. Geralmente a ponta fica mais fininha porque é onde o cabelo vai ser sensibilizado diversas vezes (luzes após luzes) e também o local onde menos temos hidratação natural – vulgo oleosidade do couro cabeludo. Então leve muuuuito isso em consideração na hora de escolher um corte. Fuja como o diabo foge da cruz do cabelo em camadas. Eu sei que é lindo mas digo por experiência própria: não faça essa besteira se você não quer ficar escrava do secador para finalizar as pontas. Pensa comigo, se a pior parte do cabelo é as pontas não faz o menor sentido encher o cabelo de pontas, né? Com o cabelo em camadas ficamos com as tais pontas por toda extensão do cabelo e não fica naaaada legal se o seu cabelo não está 100% saudável ou finalizado com secador/chapinha/etc. Dê preferência aos cortes retos e no máximo, repicado na frente e olhe lá. Quem avisa amigo é. Eu sei que fica lindo na revista mas o que mais tem é visão do inferno em forma de loiro-espiga-de-milho-em-camadas. Eu acho que consigo ilustrar bem com essa foto. O antes tá bem melhor, né?

Bom meninas, desculpa pelo tamanho do post. Eu poderia ficar horas e horas falando sobre cabelo porque é um assunto que eu adoro e já me aventurei muito. A principal dica na verdade é procurar um bom profissional na hora de platinar os cabelos – porque ele sim vai te dar todas orientações certinhas para você (afinal, cada fio é um fio).  A cor do meu cabelo é o Thiago Almeida aqui de Porto Alegre que faz. Super indico e sei que ele e a Rê assinam embaixo das minhas dicas kkkk! Escova eu faço no Espaço Dellas quando preciso – onde elas sempre tomam o maior cuidado com o cabelo também. Se vocês tiverem alguma dúvida, comentem que vai ser um prazer conversar com vocês sobre isso. 

Post Anterior

Pallete de sombras Make B: Baked Essentials

Próximo post

3 sushis para almoçar em Porto Alegre