O inverno sempre trás aquela dúvida: melhor ficar branca ou laranja? Se você optou pelo laranja aí vão algumas diquinhas de produtos e aplicação de autobronzeadores para não ficar tããão cenoura. Caso você não queira ficar nem perto do laranja também existem opções para sair da brancura fantasma.

Praticamente em toda grande farmácia você encontra marcas nacionais de autobronzeadores por um preço bem amigo. Se você procura por um bronzeado mais suave e com menos chances de manchas opte por aqueles hidratantes que proporcionam um bronzeado gradual. Dove Summer Tone é um bom exemplo de produto que proporciona esse efeito. Ele é fácil de espalhar, não deixa tanto cheiro de galinha queimada (todos deixam pelo menos um pouquinho porque é a reação química da pele com o produto, sem saída) e dá uma corzinha dourada bem bonita e sutil. Não fica com aquela cara de câncer de pele. Acho bem digno, viu? Outro que é suave é o Jhonsons Soft Glow.

Já se você tá pelo crime e quer logo ficar “morena” o da Nívea faz bem esse papel. Usei somente o de rosto e achei bem bom. Cuidado ao passar autobronzeadores normais (de corpo) no rosto. Geralmente eles são bem oleosos e podem causar espinha e cravos. Espalhem muito bem (muito, ouviram?) e prestem muita a atenção nas dobrinhas. Já imaginou ficar com os cantinhos do nariz super laranja? Pra quem é do sul e tem a incrível sorte de ter a farmácia Panvel (amo a Panvel) na sua cidade o autobronzeador da marca própria é muito bom e muito barato. Vale o teste! Só cuidado porque o da Panvel é muito forte e “pinta” bem rápido. Ou seja, mancha fácil.

A dica é sempre espalhar muito bem, cuidar principalmente os cotovelos, dobrinhas e joelhos. Lave sempre bem as mãos depois de cada aplicação e peça ajuda para alguém caridoso passar nas suas costas (e lembre a pessoa de lavar bem as mãos também se você não quiser um inimigo).

Se além de ficar bronzeada você quer glamour, pode experimentar o da Loreal, Lancome, Clinique ou Dior. Todos deixam uma cor linda! Para quem é rica, mora perto da fronteira ou conhece aquela sacoleira amiga que vai sempre pro exterior trazer muamba vale testar esses importados. Mas quem não tem como comprar mais barato eu indico que continue naqueles basicões e baratos da farmácia. Porque a diferença é mínima entre um da Dior e um de 30 reais. Afinal, dá um dó de pagar o preço de um sapato em um autobronzeador né? E vocês, qual produto preferem?

Post Anterior

Get Shorty

Próximo post

Por Aí