Tá chegando! Cada dia estamos mais perto do nosso grande dia, 24 de setembro de 2016. Já decidimos muitas coisas mas ainda faltam muitos detalhes. E um desses é: qual buquê escolher? São tantas opções de cores, modelos, tipos de flores, que acabamos ficando malucas. Andei pesquisando as “regrinhas” e dicas de como escolher o buque ideal e achei bacana dividir isso com vocês.

buques tendencias

Dicas para escolher o buquê ideal

Para começar, o buquê não pode ser com exatamente as mesmas flores da decoração – caso contrário vai parecer que você roubou um pedaço da decoração, sabe? Tem que ser único e diferente do restante das flores do casamento. É uma boa oportunidade para usar aquela flor exótica ou mais nobre que você adora mas que tem um valor muito elevado para colocar na decoração, como as tulipas, as peônias, as suculentas, etc.

Ok, ele não tem que ser igual a decoração. Mas tem que ornar com ela! Se o casamento for rústico, por exemplo, não fica bacana usar um buquê super tradicional em cascata com rosas vermelhas. A decoração e o estilo do casamento tem que combinar com o buquê mas não ser igual a ele. Eu sei, difícil! Mas o resultado compensa. Afinal, o buquê é a cereja do bolo do look da noiva. Pode destruir completamente o look ou dar o toque final. O ideal é que ele feche com chave de ouro a produção.

buque tradicional buque verde

E falando em look da noiva, é sempre bom lembrar que o buquê deve respeitar o biotipo de cada noiva. Para uma noiva baixinha, o ideal é optar por um buquê menor e mais discreto para que ele não chame mais a atenção do que a noiva. Escolha flores mais miudinhas para que tudo fique em harmonia. Já as mulheres altas podem optar por um buque maior e mais chamativo, com flores maiores. Essa também é uma boa tática para as noivas maiores que querem aparentar mais magras: um buque grande faz com que tudo pareça menor em comparação com ele. Essa é uma boa dica para parecer maior ou menor: quanto maior for o seu buquê, mais baixa e mais magra você vai parecer. É tudo uma questão de perspectiva.

Também devemos levar em consideração a personalidade de cada noiva na hora de escolher o buquê. Nada melhor do que um buquê que seja a cara da noiva, né? Se você for mais perua, pode optar por um buquê cor de rosa, mesmo que a decoração não seja dessa cor. Se você for mais discreta, o legal é que o buquê também seja. É bacana quando o buquê passa uma mensagem da personalidade da noiva.

buque lindo noiva buque

O buquê pode ser feito de flores naturais ou de broches, pedras, jóias e trabalhos manuais como o patchwork  e fuxico. Eu, particularmente, não abro mão do de flores naturais. Acho o mais bonito! Entretanto, mesmo que ele seja de flores naturais, nada impede que a noiva adicione objetos com significado ao buquê – uma foto de alguma pessoa importante que faleceu, um broche de família, uma renda especial… Enfim, ideias não faltam para dar um toque emocional ao seu buquê.

E depois de tanto pensar no buquê ainda temos que jogar para as amigas solteiras? Nada disso! O ideal é encomendar um buquê mais simples para essa finalidade. O que é ótimo, afinal, elas destroem todo o buquê disputando por ele. Você pode guardar o buquê verdadeiro pra você ou dar de presente para alguém especial: sua avó, sua mãe, sogra, amiga especial, madrinha solteira. Enfim, tornar o buquê especial e não objeto de disputa. Eu com certeza vou fazer um para jogar além do oficial. Não teria coragem de atirar ele! hehehehe Mas se tem uma “simpatia” que funciona nessa vida é pegar o buquê: antes de ser pedida em casamento, eu peguei o buquê em 3 casamentos seguidos. Sinal? Coincidência? Nunca saberemos!

Tendências em buquês

As tendências estão presentes em todos os setores do casamento, e o buquê não poderia ficar de fora. Os modelos que mais estão em alta são aqueles que parecem que a pessoa colheu as flores no campo minutos antes de ir para o altar (o que é lindo pois essa é a real origem do buquê: a noiva ia passando na rua e as pessoas iam oferecendo flores para desejar boa sorte, ela ia juntando todas de qualquer jeito e unia com uma fita ao chegar no altar). Essa é maior tendência: buquês despojados e irregulares, com várias alturas de flores. O buquê estilo “bolinha”, super proporcional, ficou para trás nas tendências mas ainda é a aposta de muitas noivas mais tradicionais – assim como o estilo cascata. Acima de qualquer tendência, coloque o seu estilo e os seus gostos em primeiro lugar.

bouquet tendencia 2016 buque conchas buque rustico buque suculentas buquet tendencias

Outra forte tendência é o uso de plantas exóticas e nada tradicionais. Suculentas,  sementes e até frutas estão compondo os buquês de noivas antenadas e modernas. Algodão, pimentas, cerejas, trigo, conchas, alcachofra. A regra é inovar! Uma tendência forte também é o uso de muitas folhagens no buquê – seja misturada com flores ou sozinhas. Dá um ar despojado, fresh e inovador.

O buquê é um lindo complemento e não pode faltar em nenhum casamento, por mais simples que seja a comemoração. É super tradicional e transforma qualquer look branco em uma noiva! Escolha com carinho cada flor que vai no seu e torne o seu buquê um objeto muito especial e que traduza a sua personalidade e a do casamento.

 

Post Anterior

Receita: Aperol Spritz

Próximo post

Inverno: Vestido com bota