Oi leitoras-madrinhas! Hoje vim dividir com vocês mais um passo do nosso casamento: a escolha da cerimonialista. Quem me acompanha nas redes sociais (instagram e snapchat meu usuário é vfeminina e divido tudo do casamento por lá usando a hashtag #bridevf) sabe a saga que foi essa escolha. E foi bem divertida! Foi com cada cerimonialista que eu fui conhecer que falei sobre o meu casamento pela primeira vez com alguém de fora da família, sabe? Eu, particularmente, acho que a escolha da cerimonialista é uma das mais importantes do casamento – juntamente com fotógrafo e gastronomia. Aprendi isso quando comecei a pesquisar sobe o assunto e pensar em todos os mínimos detalhes que envolvem uma festa perfeita.

Acho que cada noiva tem os seus “itens essenciais” quando se fala no grande dia. Claro que ninguém que está sonhando pensa “nossa, quando eu casar eu quero a melhor cerimonialista do mundo!”. Sempre nosso pensamento vai direto para o vestido, o local, o bolo, né? Mas e quem junta isso tudo? Quem faz o bolo chegar na hora, opina na prova do vestido e negocia com o local para conseguir o melhor custo benefício possível? Claro que sempre podemos ter uma mãe super prestativa, ou uma sogra que goste do assunto de eventos ou até uma madrinha querida. Mas na minha opinião nada melhor do que uma pessoa sem um vínculo afetivo tão forte. Alguém que você possa cobrar caso dê algo errado sem criar constrangimentos familiares, para te apoiar quando essas pessoas estão ocupadas vivendo a vida delas e alguém para te passar a experiência adquirida com o passar dos anos. Afinal, decisões erradas são o que mais acontecem nesses casos. Por exemplo, se você por inexperiência esquecer de contratar um gerador achando que o local que você alugou tem, daí falta a luz bem no meio do jantar do seu casamento. E aí? Faz o que? Chora, né! Porque o momento não volta jamais.

Claro que estou sendo bem extremista mas são inúmeros detalhes para pensarmos sozinhas ou com a ajuda de alguém que não tem experiência. É possível fazer um casamento sem cerimonialista ou wedding planner? Com certeza é! Entretanto, esteja preparada para assumir alguns riscos e ter tempo o suficiente para planejar o casamento dos sonhos – sem brigar com a sogra ou com a amiga pra isso. Mas se eu pudesse dar uma dica seria: economize nos docinhos, nas lembrancinhas, no convite ou no que for “menos” importante pra você e contrate uma boa cerimonialista. Ela vai unir todos os pedacinhos do seu sonho e transformar aquilo em um evento de sucesso no qual todos detalhes são levados em consideração.

melhor evitar o ataque de bridezilla....
melhor evitar o ataque de bridezilla….

Além dos preparativos antes do casamento, quando chega o grande dia, você está bem linda se arrumando e curtindo o seu dia de noiva. Quem vai ver se todos os fornecedores chegaram direito? Se a cadeira Dior que você escolheu com tanto amor chegou na cor certa? Se o buque foi entregue? Vai dizer que não é bem melhor contar com alguém que você confie (e escolheu tudo ao seu lado durante mais de um ano) nessa hora e ficar tranquila e sem rugas de preocupação no seu dia? Existem algumas cerimonialistas que você pode contratar e fazem o trabalho somente no dia. Mas você não conhece a pessoa direito, né? Eu tenho sérios problemas de confiança e tenho certeza que eu não ficaria tranquila pois ela não iria saber de todos os detalhes. Então eu já cortei essa opção logo de cara. Queria alguém para me acompanhar desde a escolha do local, a produção dos convites até o dia seguinte ao casamento – ou você acha que os móveis que você alugou vão voltar sozinhos, voando, para a empresa contratada? Quem vai contar quantas garrafas de bebida foram consumidas na festa? Ou você vai confiar de olhos fechados no local contratado?

São diversos detalhes que nem passam na nossa cabeça mas que são essenciais tanto em questão de economia quanto do sucesso do evento como um todo. Claro que a sua mãe, a sua melhor amiga ou a sua sogra podem estar lá no dia recebendo tudo e conferindo. Mas eu posso te dar certeza de que elas vão estar com os nervos a flor da pele, preocupadas com o horário do salão e não vão ter condições de resolver eventuais problemas sozinhas. E se a cerimônia é ao ar livre e resolve começar a chover 1h antes dos convidados chegarem? Quem muda tudo para o plano B?

Não gosto nem de pensar....
Não gosto nem de pensar….

Acertou! A cerimonialista! E a verdade é a seguinte: Porto Alegre está cheia de cerimonialistas maravilhosas, cada uma com o seu estilo e a sua personalidade. O preço? A mais barata que eu orcei foi R$ 3.500 (que estava começando, sem muita experiência) e a mais cara R$ 12.000 – isso para mais de um ano de trabalho, confirmação de presença, recepcionistas no dia do casamento e uma lista infinita de itens. Tem para todos os orçamentos! Na minha humilde opinião de recém-noiva o principal é você se sentir completamente a vontade com a pessoa. Marque uma reunião, um café, qualquer coisa e sinta a vibe. Se bater com a sua já é um super caminho andado. Não feche com alguém que você não se sinta bem na presença, que te intimide, que tenha um estilo completamente diferente do seu. E claro, pesquise para ver se a empresa é séria, quanto tempo tem de mercado, alguns casamentos realizados por elas, enfim. Dê uma de detetive e o google tá aí pra isso, né? Não esqueça de perguntar se ela trabalha por comissão – prefira as que não trabalham dessa forma pois assim você fica livre para escolher o fornecedor que você quiser. Lembre de perguntar também quantos casamentos ela realiza por data, se ela vai estar pessoalmente no seu dia, etc. Tire todas as suas dúvidas e não tenha vergonha de perguntar nada – afinal, nós não temos obrigação de saber nada sobre casamento (ainda!)

cerimonialista poa

Post Anterior

Como usar: Colete de pelo

Próximo post

Top 5: Qual primer escolher?