Um perfume nacional me chamou muito a atenção nos últimos tempos: o novo eau de parfum de O Boticário, Elysée. Gente, que delícia! Deixa muito perfume importado “no chinelo”, viu? A fragrância foi criada pelo perfumista Jacques Huclier, que já assinou para as mundialmente conhecidas Gucci, Nina Ricci e Thierry Mugler, e o brasileiro Hernan Figoli, responsável pelos produtos de O Boticário Floratta Emerald, Lady Lily e diversas variações da fragrância Coffee.

elysee perfume

Composto por matérias-primas como bergamota, rosa, peônia, patchouli e musk, Elysée faz parte da família Chypre Floral e possui um aroma marcante e com uma personalidade única. Ele foi feito com o que há de mais nobre entre as matérias-primas da perfumaria mundial. Chamados de “Orpur®” são ingredientes naturais, de origem específica e pureza olfativa, consideradas jóias no universo das fragrâncias. E o melhor de tudo: por ser um Eau de Parfum, ele tem características que o tornam bem mais interessante do que um eau de toillet: O Eau de Parfum é o verdadeiro “perfume”, ele tem uma fragrância mais marcante: é o produto que tem mais concentração de essência – de 15% a 20% – e por isso é mais encorpado do que os outros tipos de fragrância. Assim, ele dura bem mais tempo na pele e tem um tempo maior de fixação, podendo ficar na pele por até 10 horas. Aqueles perfumes que ficam no travesseiro, na roupa, no banco do carro… Deixando uma memória pode onde você passa, sabe?

O frasco, com formato de uma jóia lapidada, recebeu polimento especial, chamado fire polish. No fundo do vidro, pequenos pontos brilhantes cravejados captam e refletem a luz. Super fofo! Fica lindo no banheiro. Dá até dó de usar! hehehe Eu adorei o Elysée e acho que O Boticário acerto em cheio nesse perfume. Bem intenso, marcante e de personalidade forte, como eu gosto. Aprovado!

Post Anterior

3 lencinhos demaquilantes que eu amo!

Próximo post

3 passeios imperdíveis em Aruba (e uma furada)