Hoje o post é sobre uma questão que assombra as comprometidas sempre nessa época do ano. O que escolher para ele? Para isso, nada melhor do que chamar um representante do sexo masculino, para nos contar o que eles gostariam de ganhar. Vem conferir!

diadosnamorados

A missão: Dicas de presentes legais para o Dia dos Namorados. Acho que sou um dos caras mais indicados do mundo pra falar disso, porque recapitulando, descobri que incrivelmente nunca ganhei nada legal nessa data, talvez por ter passado solteiro na maioria das vezes. Portanto, a lista do que eu gostaria de ganhar é grande. Se alguma ex-namorada estiver lendo isso, desculpe, querida ex, nada pessoal! O fato é que os namorados de vocês, ao contrário de mim, provavelmente vão se dar bem se vocês seguirem as dicas.

Acho que o principal segredo para dar um presente legal é tentar pensar no presente não com a sua cabeça, mas com a cabeça do futuro presenteado. O tema “Dia dos Namorados” por si só já é um exemplo disso. Você pode achar que tem que dar algo bonitinho, de pelúcia e de preferência em forma de coração, mas, ao ganhar esse tipo de coisa, certamente o seu namorado faria cara de muito agradecido, emocionado, e jogaria o presente num canto depois que você fosse embora. Procure se colocar lugar do cara, tente lembrar do que ele gosta e dê algo que ele efetivamente vai usar! Já que você vai gastar uma grana, pelo menos que o presente seja útil e que ele curta, certo?

Primeiro, um dos maiores presentes do mundo: o box do Poderoso Chefão. Qualquer cara que se preze precisa assistir a essa trilogia várias vezes na vida. Melhor filme de todos os tempos, o típico presente que vale muito mais do que custa. Se o cara não gostar de um box do Poderoso Chefão, eu garanto: você pecou na escolha do namorado, não na escolha do presente.
Se o cara curte futebol (como todo homem de valor na Terra) uma dica criativa e quase infalível são camisas de futebol retrô clássicas, como as da Liga Retrô, que tem lojas em shoppings nas principais capitais e também venda pelo site http://www.ligaretro.com.br. Se você não saca nada de futebol, peça ajuda para alguém que entenda pra escolher a camisa, ou invista nas clássicas, como Holanda de 74, Argentina de 86 ou Itália de 82. Se o cara é fanático, qualquer coisa do time dele também é opção de erro zero.

Uma opção super legal para os mais ligados em tecnologia e geeks são as capinhas de celular: são razoavelmente baratas, tem diversas opções (para todos estilos de namorado, desde os mais metidos a divertidos até os fanáticos pelo time). No site Capinhas Online tem milhares de modelos e a entrega é super rápida e dá tempo direitinho de chegar pra agradar o namorado (ou presentear em outras datas também).

Outra opção de presente criativo é uma Maleta de Poker. Um jogo muito legal, estimulante em todos os sentidos e do qual é quase impossível não gostar. No máximo, ele pode não conhecer ou não saber jogar, mas o seu presente pode ajudá-lo a aprender e ele certamente vai curtir. Existem muitos modelos, inclusive com opção de personalização, como esses da Cidade do Poker.

Se o cara é gamer, um jogo que ele já está querendo comprar é um baita presente, mas esse é o ponto: Não escolha sozinha, simplesmente porque o cara curte futebol e na capa do jogo tem uma bola. Para presentear com jogos, é importante consultar algum amigo dele ou então ter certeza de que ele está querendo mesmo aquele jogo, pois cada um tem um gosto peculiar. Quem fala é um cara que desde que comprou o PS3 só joga FIFA e UFC, ou seja, em matéria de jogo, cada louco com a sua mania, então você teria que descobrir a dele. Pra ajudar, uma listinha de alguns dos melhores games para PS3: FIFA13, The Walking Dead, Far Cry 3 e Uncharted 3. Os vendedores geralmente tem opiniões boas sobre os jogos mais recentes. Pergunte para o melhor amigo dele se ele iria curtir algum deles. Tem pra vender nas lojas de jogos de shopping ou FNAC da vida. Espero ter ajudado, beijão e Feliz Dia dos Namorados!

Post por Guto Garavello

Post Anterior

Tendência em sapatos: Preto e Branco

Próximo post

Viagem: Lisboa