Se ela disse o quanto te adora, pediu conselhos sobre o que responder para a SMS do Paulinho e de quebra te chamou de querido, sorria. Bem vindo a friendzone. E sim, lá faz um pouco de frio. Mas às vezes é quentinho. E quem sabe, um dia, talvez, possa vir a ser bem caliente. Da amizade surgem bons amores, diria um poeta que eu não lembro qual. A friendzone é um lugar bacana que colocamos caras bacanas, que de primeira não nos interessam para algo carnal, mas são incríveis e não estão ali de bobeira. São nossos amigos.

Acredito, inclusive, que os melhores amores são sucedidos de belas amizades. É bem mais fácil, e talvez mais gostoso. Quem sabe até meio complicado, se relacionar com uma pessoa que sabe de antemão suas dores, aflições e questionamentos. E quando é complicado é bom.

A amizade masculina é essencial. Homens são ótimos amigos e conselheiros – os meus melhores, por exemplo, são eles. Mulheres são ótimas também, mas a sinceridade de um amigo homem é única. E também necessária para manter nossos olhos abertos e os pés no chão. A Bia jamais diria para você o quanto sua saia rosa de babados e paetês é feia por medo de te magoar. Já o Bruno, vai simplesmente dizer que você está parecendo um “pom-pom” de líder de torcida. E isso vai ser o suficiente para você trocar de roupa sem rancores. A friendzone pode não ocupar o lado carnal do coração. Mas em compensação, ocupa uma área livre de nóias, neuras e ligações no dia seguinte. E se por acaso, um dos dois se apaixonar, sorria. Bem vindo ao namoro mais gostoso do mundo.

Post Anterior

Luvinhas

Próximo post

Esmaltes Nude