Posts tagueados

Amar

Refletindo

Acostume-se com o fato do amor estar em tudo. Na fila de um banco, na padaria ou dentro das escolas. Você vai encontrar o amor quando ver um jovem casal sorrindo ao caminhar de mãos dadas ainda com o uniforme do colégio, vai percebê-lo quando um neto der o lugar a sua avó no ônibus ou quando um pai abraçar ternamente a filha que sentou-se em sua coxa e fielmente acreditou que aquele era o lugar mais confortável do mundo. Não adianta você negar e dizer que não confia ou não acredita no amor. Porque aquele bolo de chocolate que sua mãe fez para arrancar-lhe um sorriso é puro amor. Porque aquela vez em que seu melhor amigo bateu a porta do seu quarto chateado por algo que você disse sem pensar, aquilo também era amor. A lágrimas que você derramou e só o seu travesseiro conseguiu absorvê-las também era

Leia Mais
Refletindo

Por que insistimos em gostar de quem não gosta da gente? Talvez seja pela nossa necessidade de autoafirmação, de ser desafiado como todo ser humano, na eterna busca pelo improvável. Dizem por aí que as mulheres gostam de um desprezo. Discordo. Mulheres gostam de carinho e esse certo masoquismo emocional não é exclusividade das fêmeas. Eles também adoram uma negação. Estimula a sedução. Todos nós já tivemos um amor bandido, aquela paixão por quem não nos merece. Uma incrédula submissão, de um jeito que nosso próprio espelho desconhece. E por que continuamos tentando, mandando aquelas mensagens na madrugada? Sei lá, maldito coração, ele escolhe errado e o corpo padece. Aquele carinha bonitinho é tão carinhoso, me elogia no facebook, me dá “bom dia” todas as manhãs. Qual é o meu problema? Fico pensando naquele idiota que ignora meus torpedos, meus olhares. Babaca, estava com aquela barba por fazer, ontem à

Leia Mais
Refletindo

Homem mais velho é sempre mais interessante, porém difícil de entender. Não sei se é porque ainda não tenho a idade dele, mas às vezes me soa tão infantil essa perseguição exagerada. Relaxa, cara, o mundo não acaba amanhã. Existe uma distância de idade inquestionável. Nossa faixa etária está tão longe quanto nossos pensamentos, projetos e filosofia de vida. Jeito de pensar, de agir e até certas preferências. Como ele pode ser tão necessário e ao mesmo tempo tão diferente do que eu quero? É engraçado, fujo desses garotos contemporâneos impulsivos e inconsequentes, que desdenham da oportunidade de me conhecer melhor por medo deles próprios. São covardes e preferem o subterfúgio da autoafirmação, do que a liberdade dos beijos juvenis, da exposição da alma. Como são tolos. Tolice, aliás, é adjetivo masculino, independente da idade. Experiência é ilusão. Dias no calendário não significam vivência, alguns caras apenas existem. Um macho

Leia Mais
Refletindo

O amor é muito mais que palavras. Amar é um verbo, mas torná-lo real vai muito além de qualquer definição. Você não o pega, você não o segura. Amar não é se encher de pessoas vazias para se sentir completo. Não é gritar ao mundo seus sentimentos, muito menos se esconder neles. O amor não se mantém com promessas ou indiretas nas redes sociais. A gente encontra o amor naquele sorriso que escapou sem que pudéssemos perceber ao receber uma sms. Ele está no encontro de olhares perdidos. Na dança desengonçada em frente ao espelho. O amor está na loucura, na razão, nas noites de ciúme e naquele abraço quentinho. Ele está onde a gente não procura. Não dá pra calcular, nem medir, muito menos descrever. O amor se mostra sem nos pedir permissão. E de repente, ele não precisa das suas palavras porque cria forma por si só. Você

Leia Mais
Refletindo

Por que você foge de mim? Não vê que eu fui feita pra você? Você tem a habilidade de esconder de si mesmo o que sente. Eu não consigo. Sou toda verdade quando estou contigo e tuas falsas mentiras não me convencem mais. Acorda, cara, ninguém vai te fazer sorrir como eu. Conheço tuas vontades, adivinho teus pensamentos e mesmo assim, você disfarça. Que incapacidade para ser feliz. Às vezes a gente não enxerga o que está debaixo do próprio corpo. O pior de tudo é te encontrar e ter que te seduzir mais uma vez, sabendo que você me quer. Isso te deixa melhor? Tudo bem, eu não me importo, vou atrás do que quero mesmo e quando te vejo, só tenho línguas pra ti. Enquanto isso, vai tentando esconder essa vulnerabilidade, essa confusão sentimental. Nem você se entende e eu ainda me pergunto como perco meu tempo contigo.

Leia Mais
Refletindo

Eis que surge um novo verbo na língua brasileira: mariar! Mariar vem de Maria, aquela moça cheia de amor para dar, que se atrevia tentar, correr atrás, demonstrar e dar moral a quem se gosta mesmo sem ser igualmente correspondida. Essas atitudes fizeram nascer o verbo mariar. Criado por atitudes de Maria, mas que perfeitamente poderiam ser de Ana, Juliana, Mariana e tantas outras mulheres, todas humanas, carne, osso, energia, sentimentos, desejos e porque não, transparência! Eu confesso ser defensora dos sentimentos sinceros e da não banalização dos valores femininos. Essa história de correr atrás de quem não merece para mim é o primeiro passo para a falta de amor próprio. Sou daquelas que quando não correspondida assume a postura de uma mulher que conhece seus valores e se põe em cima de um pedestal. E lá de cima fico a observar de longe, quando tudo que eu mais queria

Leia Mais