Posts tagueados

brafman

Refletindo

Se ela disse o quanto te adora, pediu conselhos sobre o que responder para a SMS do Paulinho e de quebra te chamou de querido, sorria. Bem vindo a friendzone. E sim, lá faz um pouco de frio. Mas às vezes é quentinho. E quem sabe, um dia, talvez, possa vir a ser bem caliente. Da amizade surgem bons amores, diria um poeta que eu não lembro qual. A friendzone é um lugar bacana que colocamos caras bacanas, que de primeira não nos interessam para algo carnal, mas são incríveis e não estão ali de bobeira. São nossos amigos. Acredito, inclusive, que os melhores amores são sucedidos de belas amizades. É bem mais fácil, e talvez mais gostoso. Quem sabe até meio complicado, se relacionar com uma pessoa que sabe de antemão suas dores, aflições e questionamentos. E quando é complicado é bom. A amizade masculina é essencial. Homens são

Leia Mais
Refletindo

O que te pede pra pagar a conta no (final do) primeiro encontro – Não sejamos feministas ou machistas. Sejamos apenas sensatos neste primeiro exemplo clássico. A maioria das mulheres são super adeptas aos direitos iguais e quem lê as minhas colunas sabe que eu defendo dividir os gastos e acho bacana a sinceridade de um cara falar ‘pô, to duro, preciso maneirar na grana’. Mas tudo tem limite, intimidade e hora certa. O cara te chama para um restaurante chiquerérrimo, vocês bebem vinho da safra de 1200 e bolinha, comem entrada, prato principal, sobremesa e café e ele só avisa que tem caranguejo no bolso na hora que a conta chega? Me desculpe, mas não vai rolar. Ninguém chama uma mulher para um primeiro encontro em um restaurante bacana sem como bancar. A única solução é (ele) lavar os pratos. O que adia o encontro porque está cansado do

Leia Mais
Refletindo

Em algum momento vocês vão se encontrar. Seja no meio de qualquer canto da cidade ou curtindo um mesmo status no Facebook. Não importa quem terminou ou porque terminaram. O fato, é que aquela pessoa que participava da sua vida na mesma frequência que você calçava chinelos, não existe mais no seu dia-a-dia e anda solta por aí. De amigo íntimo de todas as suas cores de calcinha, de repente, aquele cara se transformou num estranho fora do ninho. E o pior: ele já está construindo um ninho novo, que pode estar em qualquer canto do planeta terra. Existe a possibilidade dele surgir no meio da rua trocando de calçada ou esbarrando em você no corredor do shopping. Encare: enquanto não diminuem os preços de passagens para marte, é inevitável, você e seu ex podem se ver qualquer dia desses. O que esqueceram de te contar é que o mais

Leia Mais
Refletindo

Não são só eles. Nós também odiamos esse período nebuloso. TPM dá preguiça demais. Trabalho demais. Pensa comigo, o quanto é desgastante e chato, a possibilidade de ter mais de três sensações e quatro sentimentos em menos de dez minutos. Nem na final de pênaltis de Flamengo e Fluminense os homens sentem isso. Nem comer uma torta de limão proporciona isso. Mentira, proporciona sim. Ou melhor, cura que é uma beleza! E o detalhe: esse turbilhão avassalador acontece todo mês. Não tem muito escape. A gente acorda, e de repente está louca. Se estou caindo no clichê de escrever sobre a TPM, é por que eu Tô meio Pirada Mesmo. A gente fala uma coisa e pensa outra. Ou pensa uma coisa e fala outra. Fazemos bagunça e inventamos problemas onde está zen. Nos transformamos em defensoras de pequenas causas – uma pomba machucada dói o coração (e olha que

Leia Mais