Posts tagueados

canalha

Refletindo

Por quê? Por que você mexe comigo dessa maneira? Por que não consigo sentir o teu cheiro sem pensar bobagem? Por que não me controlo quando você chega perto de mim? Por que eu me sinto assim? Por que você existe? Por que, por que, por que? Perguntas sem respostas me fazem questionar o que eu quero pra mim. Ele não faz meu tipo, mas me atrai. Como explicar? Não sei. Não gostamos da mesma coisa, mas as nossas conversas são tão boas, que nem vejo o tempo passar. Na verdade ele até me irrita um pouco. No entanto chego em casa e quando deito a cabeça no travesseiro, é como se ele fosse o travesseiro. Está ali, entranhado em meus pensamentos, na porta de entrada para os meus sonhos. Não sei se é química, se é algo transcendental, empatia de alma, etc. Só sei que é inexplicável o que

Leia Mais
Refletindo

Vai embora daqui, da minha vida. Não suporto mais essa tua mania de não querer me querer. Me larga, me solta, não toca em mim. Não finja que se preocupa. Você não se importa com meu choro. Está com a consciência pesada e quer tornar tudo isso o menos dolorido possível para que você possa dormir direito, acompanhado de uma missão cumprida. Vai embora, vai. Estou abrindo a porta da sala e fechando a do meu coração. Vai doer, eu sei, mas não sou mulher pra receber consolação como prêmio pelo que eu nunca conquistei. Não me alimento com sobras e você me tirou o prato principal faz tempo. Não faz essa cara de quem se arrepende de ter me enganado, essa cara de quem não consegue mentir nem pra si mesmo. Posso estar aqui dilacerada, em busca do meu próprio amor – porque o amor próprio já se foi

Leia Mais
Refletindo

O canalha não tem jeito mesmo. E nunca terá. Ele é o sociopata do amor. Inspira confiança e expira mentiras. E você, na falta de algo melhor, vai respirando esse ar sedutor. No alto dos seus 1,70m de mulher independente, forte e sedutora, você sempre acha que pode consertá-lo. Esqueça, você está apaixonada e o antídoto para o canalha é o desprezo. O canalha finge que não é um canalha. Posa de bom moço, carente, apaixonado e infeliz. E você acredita ser a salvação dessa alma perdida, depois de tantas desilusões amorosas. O canalha cria uma nova identidade, mas sem registro em cartório. Ele age por instinto, não sabe ser de outra forma. A sedução faz parte da sua sobrevivência emocional. Ele é uma fera e você o prato de comida. Mas ele tem um jeitinho tão meigo, uma conversa tão bacana, não é mesmo? O canalha é inteligente, sagaz,

Leia Mais