Posts tagueados

intimidade

Refletindo

Intimidade é ter o mapa do corpo. É conhecer todos os descaminhos do outro. Sentir-se à vontade, sem estar sozinho. É entregar a alma com uma venda nos olhos. Se jogar do precipício do amor, sentindo apenas a brisa da liberdade. Intimidade é pele, toque, respiração. Sentir o hálito alheio, o perfume do sexo, o gosto do suor da paixão. Navegar por sensações ainda não descobertas, mergulhar no delírio da vontade. É desvendar o desejo, curiosidade do tato, obsessão por surpreender a rotina. Intimidade é a confiança do sono, divisão dos pesadelos. Permissão para sonhar acompanhado e nem sempre dormindo. O íntimo da gente revela aquela pessoa que queremos ser o tempo todo, mas não podemos. Ser íntimo de alguém é poder nos transformar até mesmo em quem não queremos ser. Na intimidade, posso tudo e quero sempre mais. A intimidade perdoa excessos, não há julgamentos, nem censura. Não há

Leia Mais