Posts tagueados

romance

Diversos

Cineminha com pipoca é bom e todo mundo gosta, né? Hoje estréia o filme Os Caça Noivas. Perfeito para o meu momento bridezila desses últimos dias! Eu assisti ontem e adorei. É baseado em uma história real onde os irmãos Mike (Adam Devine) e Dave (Zac Efron) colocam um anúncio online para encontrar as parceiras perfeitas (Anna Kendrick, Aubrey Plaza) para o casamento de sua irmã no Havaí. Confira o trailer! Achei super engraçado, apesar de meio forçado algumas partes – mas normal desse estilo de filme, né? Eu ri muito então acho que super vale a pena. Adoro comédias românticas e estava morrendo de saudades de assistir uma boa. Me diverti bastante! Os Caça Noivas é perfeito para ir com as amigas ou com o namorado. Ótima pedida para o final de semana!

Leia Mais
Dicas

Eu adoro ler na praia e nesses dias entre o Natal e o Ano Novo descobri uma nova paixão: a trilogia A Seleção de Kiera Cass. Estou simplesmente vidrada na história e li o primeiro livro em um dia. Devorei! Kkkk Já estou no segundo e desejando ler o terceiro para saber como acaba – na verdade li na internet agora que o quarto livro sai em Maio de 2015! Eba! Eu acho que a trilogia A Seleção daria uma ótima série para substiruir Gossip Girl nos nosso corações. Ah… e as capas dos livros são de babar! A história se passa no futuro, pós Quarta Guerra Mundial onde tudo é muito diferente do que temos hoje. São 35 garotas disputando a “vaga” de esposa do príncipe de Iléa, país onde se passa a história. A protagonista é America Singer, uma garota pobre que acabou entrando na competição para ajudar

Leia Mais
Refletindo

Se você precisa mesmo ir, então vai. Não sou eu quem vai lhe abrir a porta e lhe mostrar o caminho sem volta daquelas ruas e de um mundo inteiro longe de mim, longe de nós. Mas, se você já conhece o percurso e isso lhe atrai, também não sou eu quem vai te segurar. Afinal, o que estaria ao meu alcance para impedí-lo se eu já nem te alcanço mais? Não vou esconder suas roupas, suas chaves, seu passaporte, seus documentos. Não vou amarrá-lo ao pé da minha cama, nem me jogar aos seus pés implorando pela sua presença, pela sua permanência. Se eu bato os pés e puxo os cabelos, se eu grito seu nome, se eu seguro os seus braços, vou estragar tudo; vou derramar luto sobre uma história que foi tão colorida enquanto durou. Vou sentar e assistir a tudo com calma. Porque permitir que você

Leia Mais
Refletindo

Alguns conhecidos me disseram que nós dois somos contagiosos. Nós dois e esse nosso sentimento absurdo de tão terno. Nós dois e essa ternura absurda de tão grande, de tão quente, de tão espontânea, de tão ingênua. Me disseram que somos contagiosos porque levamos os outros a quererem uma ternura semelhante à nossa. E quem não quer?, eu me pergunto. Quem não quer ser um de nós, e deitar a cabeça sobre o peito do outro para dormir em paz? Quem não quer os nossos abraços de reencontro – que são os mesmos depois de poucas horas ou de uma semana inteira sem nos encontrarmos – sempre entusiasmados e apertados como um nó? Afinal, é isso que somos, um nó. Somos um só. E quem não quer ser um só, feito de dois?, pensei com meus botões. Se há alguém nesse mundo que prefira ser sozinho – e deve haver

Leia Mais
Refletindo

Como saber se um sentimento é verdadeiro?, ouvi uma romântica perguntar para outra, em uma dessas conversas de corredor. Como estava atrasada e minhas boas maneiras estavam firmes e fortes nesse dia, passei adiante e não esperei a resposta. Mas, fiquei formulando bons argumentos e explicações quase empíricas, para o caso de alguém me fazer o mesmo questionamento em uma outra oportunidade. Então, um dia desses, aconteceu. Me perguntaram como seria possível dizer que um sentimento entre duas pessoas é verdadeiro. E eu estava preparada para duas respostas – cujos critérios de escolha seriam meu tempo disponível, minha paciência e a maturidade de quem me dirigisse a pergunta. A primeira resposta era simplista demais, mas deveria servir para um caso de pressa. Eu diria que não há como saber. Direta e rapidamente, eu diria que para cada sentimento entre duas pessoas, há um risco embutido que é necessário assumir. Você

Leia Mais
Refletindo

O amor é muito mais que palavras. Amar é um verbo, mas torná-lo real vai muito além de qualquer definição. Você não o pega, você não o segura. Amar não é se encher de pessoas vazias para se sentir completo. Não é gritar ao mundo seus sentimentos, muito menos se esconder neles. O amor não se mantém com promessas ou indiretas nas redes sociais. A gente encontra o amor naquele sorriso que escapou sem que pudéssemos perceber ao receber uma sms. Ele está no encontro de olhares perdidos. Na dança desengonçada em frente ao espelho. O amor está na loucura, na razão, nas noites de ciúme e naquele abraço quentinho. Ele está onde a gente não procura. Não dá pra calcular, nem medir, muito menos descrever. O amor se mostra sem nos pedir permissão. E de repente, ele não precisa das suas palavras porque cria forma por si só. Você

Leia Mais
Refletindo

Você que procura alguém que te completa em tudo: você quer um relacionamento ou um álbum de figurinhas? Já parou para pensar que essa pessoa “certa” que se “parece muito com a gente” pode estar é muito errada? Que graça tem em 1 + 1 somar 1? Já somos egocêntricos demais para amar todas as nossas qualidades repetidas em alguém. Relacionamentos existem para, oras, a gente aprender a se relacionar. Nada melhor que o diferente para acrescentar. Que mania é essa de procurar um namoro fácil? Que graça tem nisso? Alôu mundo! Onde foram parar os casais cafoninhas “Eduardo e Monica”? Eles ainda insistem em existir? Acho que desistiram de se amar por preguiça. Vida tão corrida, tão difícil, pra quê dar mais trabalho pro coração? Acho um porre aquele casal que gosta das mesmas coisas, que faz as mesmas coisas, que comenta as mesmas coisas. Insuportável aquele casal que

Leia Mais
Novidades

Blake foi flagrada com nada mais, nada menos do que muso eterno do Titanic, Leo DiCaprio! Foram vistos em Cannes no maior clima. E aí qual vocês acharam o melhor acessório da sortuda? [poll id=”7″]

Leia Mais