Dia 29 de abril todas mulheres vão estar morrendo de inveja assistindo ao grande evento: O Casamento Real. Catherine Elizabeth Middleton será a cinderela da vida real. Kate era a típica garota sonhadora que esperava pelo cara no cavalo branco. E não é que a desgraçada sortuda conseguiu? Amigos da época da escola contam que, mesmo antes de conhecer o príncipe, ela nunca mostrou interesse por outros rapazes dizendo que “Nenhum deles chega aos pés de William”. Ela ainda não o conhecia, mas mantinha um cartaz do príncipe vestido com o uniforme de pólo na parede de seu quarto. Ela lá recebeu o apelido de “Princess in Waiting” (Princesa à Espera) devido à sua fascinação pelo príncipe. Que coisa bem stalker “O Segredo”, né?

William matriculou-se na faculdade de St. Andrews e junto com ele milhares de garotas que se inscreveram com o sonho de conhecer o príncipe. Dizem que a cada 10 matriculados, 9 eram mulheres. Entre elas, Kate. O resto vocês imaginam né? A vida da menina agora gira em torno de paparazzis, competições boring de pólo, etc. Depois de anos de relacionamento (e um termina-volta básico) o queridinho resolveu casar! O anúncio público da união aconteceu dia 16 de novembro e Kate usava na data um vestido bem sem graça (na minha modesta opinião) da brasileira Daniela Issa. Aliás, o estilo da futura princesa é bem sem sal recatado. A ousadia de seus looks estão nos chapéus lindos que ela usa. Fora isso, é uma clássica alteza. É impossível não compará-la com a eterna Lady Di, que tem muito mais em comum além do vestido e do anel de noivado azul. Seria tradição, uma cópia, uma inspiração ou apenas uma coincidência?

Milhares de especulações sobre o vestido do grande dia! Todos querem saber qual o estilista, o modelo, a tonalidade, o material, etc do traje. Hoje parece que um dos mistérios foi divulgado: A estilista que fez o look do casamento é Sophie Cranston. Novamente comparada com Diana, que também escolheu um profissional não muito famoso do meio fashion. Apesar de não ser muito reconhecida, Craston já trabalhou com Mc Queen e parece ser apta a fazer o vestido que virará tendências nas igrejas do mundo inteiro. Agora é esperar pra ver (eu, particularmente, estou louca pra ver o sapato)!

Porém, é difícil não imaginar como é a vida na realeza. Indico o livro “Sangue Azul” de Harold Robbins & Junius Produg que é incrível e trata exatamente sobre isso.Será que vale a pena toda essa perseguição? Aguentar traições, cobranças e pressões? Há quem diga que não, que prefere uma casa no campo e um cachorro no quintal. Existem aquelas que dariam tudo para estar no seu lugar. Afinal, as biscas que ele pode pegar por fora serão sempre apenas biscas. Os filhos, a proteção, a admiração, a capa da Vogue vai ser sempre dela. O conto de fadas trocou o sapatinho de cristal pelo louboutin a fada madrinha pela estilista do momento. E você, gostaria de ser princesa?

Post Anterior

Arezzo decepcionando

Próximo post

Quem tem medo do Lobo Mau?